Mulheres com Aids: desvendando histórias de risco

Case Studies & Research
Rio de Janeiro
1999
Periodical title
Cadernos de Saúde Pública

Esta pesquisa procurou conhecer o perfil social e cultural relacionado a risco de infecção pelo HIV em mulheres, descrevendo algumas variáveis epidemiológicas e revelando relatos de risco, o significado de sua vivência com AIDS e assistência recebida. Através de um questionário semi-estruturado, entrevistou-se 25 mulheres internadas no Hospital Universitário da UFRJ, no período anterior à disponibilização das drogas combinadas. A maioria referiu baixa escolaridade, ocupações de baixa qualificação ou eram donas de casa, sendo sua renda familiar, em alguns casos, pior que a média dos usuários deste hospital. A representação predominante sobre risco associava a Aids a uma "doença do outro" e DSTs eram percebidas como infecções masculinas, embora várias relatassem episódios destas, anteriormente ao HIV. Elas tiveram seu diagnóstico/tratamento só após o adoecimento ou morte do companheiro e ou filho. O estudo sugere estratégias preventivas que, prioritariamente, reforçam o poder de negociação sexual destas mulheres silenciosas e atuam sobre os homens, como participantes potencialmente ativos nos programas de saúde reprodutiva, os quais incorporam a questão DST/AIDS.

Resource types
Languages
Record created by
Santiago